setembro 22, 2011

ADMIRÁVEL OVO NOVO


O pintinho Pit, personagem principal do escritor Paulo Venturelli neste livro pela Editora Positivo, faz a gente refletir sobre as crianças e os jovens urbanos. Muitos mal conhecem os trejeitos de uma galinha choca ou os cacoetes de um galo. Lá no sítio da minha infância, próximo de Cotia, passávamos temporadas longas e prazerosas. O maior prazer da minha avó, além da cozinha, era o galinheiro. Memória e inspiração afetiva.




As galinhas tinham ali um abrigo noturno, e de dia ciscavam livres, leves e soltas. Lembro de tentar adivinhar como seriam os pintinhos, tão parecidos no início, quando virassem adultos. As galinhas ficavam sempre por perto, e a sua liberdade vigiada me intrigava. Hoje me ocorre que a gente também choca, pia, sacode as penas, cozinha o galo, tem minhocas na cabeça e bota ovo em pé. Por isso misturei esses ingredientes todos ao criar as imagens deste ADMIRÁVEL OVO NOVO. Com uma pitada de humor, afeto, lembrança, risco e poesia. E pautadas por sentimentos e reflexões.


Nas ilustrações misturei recursos analógicos e digitais. Parte das texturas foram feitas com lápis grafite, tinta acrílica, fotografias de paredes descascadas, raspas de serragem, casca de ovos caipiras e outros elementos combinados na composição com um toque climático. Busquei um clima intimista, com recursos mínimos de narração e sugestão, para acompanhar a crise existencial pela qual passa o personagem principal, desde o sentimento de segurança e acolhimento do ovo, passando pelas atribulações da infância e adolescência, até finalmente virar um galo adulto.

2 comentários:

Alexandre Camanho disse...

Mauricio você é craque!

Mauicio Negro disse...

Oi, Camanho. Valeu! Visita ilustre, seja bem-vindo! Dei um pulo lá no seu blog. Parabéns pelo lirismo transbordante. Gosto muito da sua alquimia, climática, elegante e cheia de mistérios. Abraço!